Publicado por: GUILHERMEPANNAIN | junho 30, 2010

Camarões: decepção africana

Os países da África do Sul foram mal, exceção feita a Gana, mas Camarões foi a grande decepção. O time que mais participou, que chegou mais longe nas Copas, juntamente com Senegal – e agora Gana, caiu logo na primeira fase. Na verdade, caiu antes do término da primeira fase. Porque, antes da última partida, os Leões Indomáveis, já não tinham mais chances. O time dirigido por Paul Le Guen, defensor em seus tempos de futebol, e campeão como treinador dirigindo o Lyon, marcou apenas dois gols, do apagado Samuel Eto’o.

A principal estrela do time, jogou solitariamente na ponta. Não mostrou as boas exibições de Barcelona e Inter, obviamente que o elenco não ajudou, mas ficou devendo. Porque o goleiro Kameni não foi o titular. Jogador treinado por N’kono, um dos principais goleiros camarones da história do país. Titular absoluto do Espanyol. Bem apagada essa participação camaronesa.

Camarões x Japão, primeira rodada

Camarões adotou um 4-3-3 ao longo da competição. Alguns jogadores entraram como titulares nas partidas seguintes. Como foi o caso de Alexander Song, jovem volante do Arsenal, e Achille Emana, atacante do Real Bétis. Eto’o jogou na ponta. Faltou conjunto para ele se destacar e faltou um pouco de vontade dele também.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: